Guia básico sobre Seguro de Carga

Uma das principais medidas de proteção a ser tomada por embarcadores, centrais de distribuição logística e transportadoras é a contratação do seguro de carga.

Afinal, imprevistos de todas as naturezas podem acontecer e se antecipar de forma preventiva é a melhor forma de minimizar prejuízos. Por isso, neste artigo, apresentamos algumas orientações básicas do que deve ser levado em conta na hora de contratar um seguro de carga.

Como funciona o Seguro de Carga

Antes de tudo, vale esclarecer que o seguro de carga se constitui em duas categorias:

  • Seguro de Transporte

    Em âmbito nacional ou internacional é contratado pelo vendedor da carga ou pelo seu comprador.
  • Seguro de Responsabilidade Civil

    Obrigatório e contratado pelo transportador.

Seja para transportes marítimos, aéreos ou terrestres, o seguro de carga garante a cobertura de bens e mercadorias no caso de prejuízos. Dessa forma, pode proporcionar segurança vital à empresa, uma vez que ela fica isenta de assumir possíveis danos, inclusive mais graves, na sua totalidade e, assim, consegue suportar eventuais problemas sem paralisar suas atividades ou colocar em risco a saúde financeira.

Tipos de Seguro de Carga

A maioria dos seguros são obrigatórios , porém altamente recomendados, conforme explanamos anteriormente, mas parte deles são facultativos de contratação e obrigatórios para as empresas de transporte e logística, confira: 

  • RCTR-C – Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário de Cargas

    Conhecido como seguro obrigatório, ele garante o pagamento de indenização em caso de acidentes.
  • TN -Seguro de Transporte Nacional

    Também obrigatório por lei, cobre prejuízos por danos às cargas em território nacional.
  • RCF-DC – Responsabilidade Civil Facultativa do Transportador Rodoviário por Desaparecimento de Carga

    Este tipo de seguro é facultativo de contratação. Cobre furtos, roubos ou quaisquer circunstâncias que resultem no desaparecimento de carga. Geralmente, nessa categoria, as seguradoras tornam obrigatória a contratação de uma Gerenciadora de Risco.
  • RCTR-VI – Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário em Viagem Internacional

    Cobre quaisquer sinistros que envolvam rotas internacionais, também obrigatório por lei. 
  • Seguro da Frota

    Se trata de uma assistência em caso de pane no veículo ou acidente e prevê indenização por prejuízo de tempo com o veículo parado em manutenção, facultativo de contratação.
Palete Carga

Contratação de uma Gerenciadora de Riscos

As empresas de seguro exigem de seus clientes a contratação em paralelo de uma Gerenciadora de Risco, a fim de garantir às condições de segurança necessárias de acordo com a operação logística.

A Skymark está preparada para lidar com o risco de forma realista e íntegra. Possuímos as principais homologações de nosso setor e atendemos às exigências das maiores seguradoras do país.

Conte com a nossa inteligência e recursos tecnológicos para lidar com os riscos de forma calculada, revelando inconformidades quanto aos procedimentos de segurança, evitando sinistros e, quando necessário, recuperando cargas de forma rápida e eficiente.