Jammer Capetinha – como funciona e como evitar este bloqueador de sinal

Os rastreadores veiculares surgiram como uma solução eficiente na proteção de cargas e motoristas. Contudo, existem ferramentas que podem prejudicar o seu funcionamento.

Neste artigo, iremos explicar como funciona o Jammer e quais as soluções para evitar ter o sinal de seu rastreador bloqueado por esse dispositivo.

O que é o Jammer Capetinha?

Primeiro de tudo, o Jammer, também conhecido como Capetinha, é um aparelho usado para bloquear o sinal dos rastreadores de veículos. Um equipamento pequeno, capaz de interromper a frequência do sinal e impedir que a operadora do rastreador realize o monitoramento de cargas e frotas.

Apesar de ilegais, os Jammers podem ser encontrados facilmente na internet em diversos modelos. Seja uma caixinha com múltiplas antenas (parecido com um roteador), seja versões menores que fazem conexão com o plug do acendedor do veículo, todos são capazes de interferir com o sinal do rastreador.Como é inevitável que com o surgimento de novas tecnologias de rastreamento veicular, também surjam formas de incapacitá-las, o Jammer já apareceu assim que os rastreadores de cargas se tornaram populares no mercado. Com a função de desestruturar códigos, o Capetinha é capaz de neutralizar temporariamente qualquer sinal de GPS/GPRS.

Como o Jammer funciona?

Conforme já dito, o Jammer Capetinha bloqueia o sinal do GPS momentaneamente e impede o contato com a Central de Rastreamento. Mas como isso é possível?

Para ter um contexto maior, os bloqueadores de sinal de radiocomunicações (BSR) foram primeiro usados em capacidades militares. Hoje, sua função nas ruas é, de forma ilegal, interferir na comunicação do GPS com a operadora ou smartphone a ele conectado.

Para tanto, o Jammer é um dispositivo que emite um sinal similar à frequência de um aparelho celular (GSM), assim como os rastreadores veiculares. O bloqueio acontece quando as duas frequências “se encontram” e são anuladas, pois isso confunde o sinal emitido pelo rastreador.

Assim, qualquer rastreador que use um sistema de geolocalização (GPS/GPRS) será incapacitado por um Jammer. É claro, os que funcionam em frequência de rádio não serão afetados. Porém, possuem uma área de cobertura menor e apresentam problemas de conexão em locais mais remotos.

Como evitar que um Jammer bloqueie seu sinal?

Para combater o Capetinha, existe um dispositivo anti-Jammer ou anti-jamming, que visa anular a ação dos bloqueadores de sinal. Esse pequeno aparelho é instalado junto com o rastreador e tem como função impedir o funcionamento dos bloqueadores de sinal. Para tanto, o equipamento emite um sinal de frequência específica para bloquear o Jammer Capetinha.

Desta forma, o rastreador continua funcionando e o sinal de satélite não é afetado com o uso do Jammer, possibilitando encontrar veículos roubados com maior rapidez. Alguns modelos anti-jamming também cortam imediatamente a ignição do veículo, o que certamente é uma vantagem no caso de roubo ou outros incidentes.

Gostou desse conteúdo? Visite nosso site para mais posts como esse, ou entre em contato conosco para tirar dúvidas e solicitar um orçamento.